16 May
Dito e Feito — um projeto de cidadania inteligente
Lido 873 vezes | Publicado em Notícias | Última modificação em 16-05-2017 17:59:52
 
tamanho do texto reduzir tamanho do texto aumentar tamanho do texto
Qualifique este item
(0 votos)

A Fundação Cidadania Inteligente é uma organização não-governamental chilena recém chegada ao Brasil que visa fiscalizar gestões públicas, promover a transparência das informações e a participação cidadã por meio da tecnologia, e influenciar políticas públicas. O projeto Dito e Feito é o primeiro projeto realizado no Brasil e busca avaliar periodicamente o cumprimento das promessas de governo do prefeito do Rio de Janeiro por área temática, incluindo justiça social e direitos humanos, mobilidade urbana, e segurança e guarda municipal.

Em sua primeira versão, lançada aos 100 dias do governo Crivella, a ferramenta identificou que 6,5% do programa de governo tinha sido cumprido até então, e comunicou que para 35 das 50 promessas apresentadas na campanha ao menos um decreto solicitando estudos de viabilidade tinha sido realizado. O menor percentual de realização foi na área de habitação e urbanismo, na qual não houve progresso algum em nenhuma das duas promessas identificadas (uma sobre a melhora da situação de saneamento das 20 principais favelas do Rio e uma sobre o controle do adensamento de parte da região da Zona Oeste da cidade). O maior, 11,2%, foi na área de saúde, com 6 das 10 promessas em encaminhamento. A próxima versão será lançada no marco de 200 dias de governo.

Além de transformar dados qualitativos, como o cumprimento total ou parcial de uma meta, em percentuais que permitam acompanhar o progresso na área temática de forma bastante visual, a organização também fornece fontes de comprovação para a avaliação de cada uma das metas, como links para os respectivos decretos no Diário Oficial. A ferramenta foi usada por outros atores como base para suas próprias checagens. A Agência Lupa, por exemplo, baseou-se nesse levantamento para concluir que promessas para a educação básica e a saúde, como contratação de profissionais e aumento de recursos, estão sofrendo mutações com relação às metas propostas inicialmente. A CBN usou os dados em um de seus programas, denunciando que 39% dos contratos com empresas privadas ocorreram sem licitação.

Para mais informações, acesse o site do Projeto Dito e Feito.

 

Leia também:

RioOnWatch ⎮ Saiba Como os Cariocas Estão de Olho no Crivella e Como Você Pode Monitorar a Sua Gestão



Etiquetado como:
O laboratório da Coordenação Nacional da Rede INCT Observatório das Metrópoles está temporariamente fechado, por conta do incêndio ocorrido, no começo de outubro, no Prédio da Reitoria da UFRJ.

Pedimos que os contatos sejam realizados pelos seguintes e-mails:

Elizabeth Alves
beth@observatoriodasmetropoles.net

Assuntos administrativos

Karol de Souza
karol@observatoriodasmetropoles.net

Assessoria de Comunicação

Breno Procópio
comunicacao@observatoriodasmetropoles.net

Assuntos Acadêmicos

Juciano Rodrigues
juciano@observatoriodasmetropoles.net